sexta-feira, 25 de março de 2011

o beijo

...

quando a beijei pela última vez
beijei um fantasma
antes disso
um crânio
e antes
beijo a beijo
camada a camada
as carnes
a pele
os cabelos
(que gostava firmes
em meus dedos)

já era mulher
olhos
lábios
seios
ao primeiro beijo
o mais intenso
o verdadeiro
aquele que a mostrou deusa à memória
ao custo de mortalizá-la sentimento
(a cada novo beijo éramos ambos
um pouco mais Judas
menos Madalenas 
à espera do anjo da ressurreição)


Um comentário:

Sam disse...

O beijo é cura e veneno
depende da dose
e do intento
o beijo é lamento
é secreto alento
acalanto
pranto
sossego do corpo.

Meu beijo pra vc!

Related Posts with Thumbnails