quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

AC/DC (revisto)



 ...


no estio
rodamoinhos revelam
buracos negros
ocultos nos bueiros
(túmulos de estrelas)


morte ao toque –

dentro
de cada chuveiro
uma estrela
resiste
 
o sabonete –

humano
mais
que o

não forma de-
forma
neo(n)criaturas –

arlequins holográficos
bruxas de pixe
ls
frankeinteins de concreto

nenhuma alternativa
para a corrente contínua

morte não
pelo fogo nem
pela água mas
por afogamento


 ...



terça-feira, 29 de janeiro de 2013

cremação

...



todo funeral é irreal:
como o lamento do vento
ou o choro da chuva

só se refaz o real
quando desfaz o fogo
a ofensa do corpo


...

(eu) interior

...



onde ao desligar o rádio
ainda se ouvem trovões
e se veem raios


...

gravidade zero

...



um mundo sem gravidade
seus mares suspensos
em bolhas d’água
contendo povos e reinos

um mundo com gravidade
seus males com o peso
de histórias reais
contando guerras e feitos

num vivemos
noutro sobrevivemos


...

horto

...



Saturado por fora,
dessaturado por dentro,
morto no horto,
tigre e cinza;
os outros sobrevivem
aos olhares famintos de imagens,
que,
pena a pena,
pêlo a pêlo,
pouco a pouco
devoram-lhes as carnes,
as cores,
à força de fixar-lhes
os nomes científicos –
epitáfios apropriadamente escritos
numa língua morta
pelo próprio assassino.


...
Related Posts with Thumbnails