terça-feira, 6 de outubro de 2015

Blecaute, ruína e mar

,,,

Blecaute, ruína  e mar

Less than all cannot satisfy man
William Blake

1

Todas, antes, queimaram;
esta foi apagada; nunca tornou a acender.
Entretanto sua escuridão não foi a mais escura,
pois ela não soube que toda a sua geração foi a última:
a dor de acabar-se um é comum; a de acabarem-se
muitos, comum; a de acabarem-se todos, comum.

2

À noite ou de dia, penetram o corpo
da cidade de Santos sete canais;
proíbem barcos, sua água é parada.
Ruínas antes da ruína, percorre-los acalma
(como acalma percorrer estas linhas):
hábeis pescadoras, ao cabo das tormentas,
nas insalubres águas, há apenas garças,
brancas e puras almas penadas.

3

Os apocalipses são imaginados
por pessoas que morrerão
sem jamais terem visto o mar.


,,, 

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails